Ganhe R$ 30,00 de desconto na sua Primera Compra acima de R$ 300,00 usando o cupom BEMVINDOACASA!
Nossos
Contatos

WhatsApp: 21 96968-1698

WhatsApp: (21) 99901-9959

E-mail: atendimento@casadoesteticista.com.br

Horário de Atendimento
9:30hrs ás 18:00hrs de segunda-feira à sexta-feira. 9:30hrs ás 13:30hrs sábados.

Fale Conosco

0
Atualizando informações ...

Clinica HTM Top Maxx

Disponibilidade: Disponível em 45 dias úteis

Produtos do kit

  • Pluria Aparelho de Carboxiterapia Fluxo de ate 400ml/min

    Ref: 2368
    1 unidade
Ver todos os produtos do kit

Por:
R$ 38.070,00

R$ 36.166,50 à vista com desconto
ou 10x de R$ 3.807,00 Sem juros
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

A Clinica HTM Top Maxx é a clinica ideal para quem busca sofisticação e requinte para sua clinica. Ele possui todos os tratamentos mais procurados nas clinicas de estética. Com ele é possível realizar inúmeros tratamentos faciais e corporais.

O Novo Pluria é um equipamento de Carboxiterapia com tecnologia inovadora e o novo sistema inteligente de Carboxiterapia Percutânea e Transcutânea. O que era bom ficou ainda melhor, o Novo Pluria possui Sistema Carbo Cupping, exclusivo para carboxiterapia não invasiva, onde utiliza-se ventosas de vidro associada aos efeitos do CO2, otimizando os resultados terapêuticos. Design clean e moderno, totalmente microcontrolado com controles de parâmetros digitais de fácil manuseio e programação. Apresenta sistema conforto e aquecimento progressivo do gás.

Conta ainda com os protocolos pré-programados em display gráfico "Chip on Glass", teclas soft touch e saídas frontais de fácil aceso. O Novo Pluria, conta com 30 protocolos pré-programados e disponibiliza a possibilidade de salvar protocolos personalizados, o que facilita e otimiza o tempo do profissional no momento do atendimento ao seu cliente, podendo deixar seus atendimentos ainda mais personalizados.

O equipamento Novo Pluria da HTM conta com tecla DRAIN, que permite que o usuário realize ciclo de drenagem do sistema ou equipo sem necessidade de reiniciar o equipamento. A HTM pensando no melhor para seus clientes melhorou o que já era bom, com o "Sistema Conforto", protocolo que administra a entrega do gás de modo lento e crescente, até atingir o volume desejado, maximizando o conforto do paciente na terapia, tudo isso com a facilidade e comodidade de acionamento do gás via tecla ou pedal, facilitando o manuseio. Possui sistema de autocontrole de fluxo de CO2 em tempo real que, independente da resistência oferecida pela pele no momento da infusão do gás, garante a entrega efetiva do volume desejado. Acompanha carrinho com rodízios para acomodar o cilindro de CO2 e facilitar a locomoção e estabilização.

 

Diferenciais e Benefícios

  • Inovação: possibilidade de aplicar a técnica percutânea e transcutânea;
  • Carbo Cupping: ventosas que permitem a aplicação da carboxiterapia transcutânea não invasiva (itens adquiridos separadamente);
  • Gás aquecido: aquecimento progressivo do gás, conforme o fluxo de aplicação, proporcionando maior conforto do início ao fim do tratamento; 
  • Controle de fluxo: fluxo de até 400ml/min regulável, proporcionando agilidade nos tratamentos;
  • Sistema conforto: protocolo que administra a entrega do gás de modo lento e crescente, até atingir o volume desejado, maximizando o conforto do paciente na terapia;
  • Sistema de autocontrole de fluxo: de CO2 em tempo real que, independente da resistência oferecida pela pele no momento da infusão do gás, garante a entrega efetiva do volume desejado;
  • Design: revolucionário, oferecendo à sua clínica um visual estético totalmente diferenciado, teclas soft touch em relevo e display gráfico "Chip on Glass", para operação e visualização dos parâmetros de operação;
  • Tecla DRAIN: permite que o usuário realize ciclo de drenagem do sistema ou equipo sem necessidade de reinício do equipamento;
  • Praticidade: acionamento do gás via tecla ou pedal, facilitando o manuseio;
  • Versátil: permite configuração de idioma (português, inglês e espanhol);
  • Protocolos: 30 protocolos pré-programados e possibilidade de salvar protocolos personalizados;

 

Indicações

Celulite;
Estrias;
Gordura localizada;
Redução de papada;
Flacidez cutânea;
Rejuvenescimento facial;
Rugas e Linhas de expressão;
Olheiras;
Cicatrizes de acne;
Pré e Pós-operatório;
Alopecia;
Psoríase;
Melhora da microcirculação, redução do edema;
Melhora a nutrição celular e a eliminação das toxinas.

 

Efeitos fisiológicos

Efeito Bohr
Quanto maior a oferta de gás carbônico no tecido, mais hemoglobinas carreadas com o oxigênio (HbO2) vão chegar através da circulação sanguínea, pelo fato da hemoglobina ter maior afinidade com a molécula de CO2, ocorre a liberação da molécula de O2 para os tecidos e captação da molécula de CO2 que será transportada e eliminada pela expiração, isso caracteriza o efeito Bohr. A afinidade da hemoglobina pelo oxigênio depende do pH do meio, a acidez estimula a liberação de oxigênio diminuindo assim esta afinidade. O meio ácido gerado pela carboxiterapia favorece a afinidade da hemoglobina com a molécula de gás carbônico. A presença de níveis mais altos de CO2 (proporcionada pela carboxiterapia) e íons H+ potencializam as reações químicas que ocorrem dentro dos eritrócitos e consequentemente o aporte de O2 tecidual.

Ação bioquímica
Com a infusão do gás, ocorre uma distensão tecidual e estímulo dos barorreceptores, corpúsculos de Golgi (sensível as baixas pressões) e de Pacini (altas pressões) e, consequente, a liberação de substâncias "algógenas", dentre elas, bradicinina, catecolamina, histamina e serotonina. Estas substâncias atuam em receptores beta-adrenérgicos ativando a adenilciclase e promovendo assim aumento do AMPc tissular e consequente ação final hidrolítica sobre o triglicerídeo do adipócito.

Vasodilatação
A resposta inflamatória diante de uma “agressão” física é imediata e atua no sentido de destruir, diluir ou bloquear o agente agressor, mas, por sua vez, desencadeia uma série de eventos no tecido conjuntivo vascularizado, entre elas, o aumento da permeabilidade capilar e a quimiotaxia. A presença da histamina gerada pelo aumento de mastócitos na região, propicia uma maior resposta vasomotora devido a sua ação direta no músculo liso e no endotélio da parede vascular. A elevação numérica das plaquetas é responsável pelo aumento de secreção de serotonina que por sua vez estimula a proliferação de pequenos vasos sanguíneos pela ativação das enzimas, óxido nítrico sintase e proteína quinase. O CO2 também estimula a produção das prostaglandinas, potentes vasodilatadores, cuja ação envolve arteríolas pré-capilares, esfíncters pré-capilares e vênulas pós-capilares.

Ação no tecido conjuntivo
Após a ação mecânica da carboxiterapia, provocada pelo “trauma” da agulha e pela introdução do gás, ocorre a produção de um processo inflamatório e consequente migração de fibroblastos para a região da agressão e sua posterior proliferação estimulando a síntese de colágeno e de outras moléculas do tecido conjuntivo, como a fibronectina, glicoproteína encontrada no sangue, associada a vários processos biológicos como adesão e diferenciação celular, reparação de tecidos, servindo como substrato para enzimas fibrinolíticas e da coagulação.

Carbolipólise
A ruptura mecânica da membrana adipocitária se realiza em duas etapas. A primeira, mais aguda, denominada efeito trauma, acontece imediatamente à infusão do CO2 , fragilizando a membrana citoplasmática pela intensidade do impacto do gás contra a parede do adipócito. A segunda etapa, mais tardia e prolongada, denomina-se efeito microcavitação, podendo perdurar algumas horas após a aplicação. A diminuição do pH que se instala pela aplicação, dilata os poros da membrana citoplasmática, permitindo a entrada do gás no interior do adipócito. A alta pressão do CO2 no meio extracelular e seu aumento gradual no interior do adipócito, provocam o turbilhonamento do gás, gerando um efeito de microcavitação. A distensão progressiva da membrana citoplasmática, somada ao efeito microcavitatório, leva à sua ruptura. Para ocasionar o efeito trauma e o efeito microcavitação é necessário regular o fluxo de infusão do gás em maior velocidade.

 

Associações terapêuticas

Vibria: possui ultrassom de alta potência, otimiza as funções de lipólise e ativação do sistema linfático, prevenção de complicações como fibroses e aderências teciduais, sistema de correntes excitomotoras, com a opção de realizar terapias combinadas com o Ultrassom ou individuais.

Limine: a aplicação da radiofrequência causa vasodilatação, melhorando a circulação sanguínea e linfática, aumenta a síntese de colágeno e elastina, tratando a flacidez tissular, associada a carboxiterapia potencializa o resultado.

Terapia Manual: auxilia na ativação de tecido, melhora o aporte sanguíneo ativando a circulação, melhorando força tensiva e flexibilidade.

 

Protocolos

Tratamento de Gordura Localizada
Volume por ponto de 80 a 150 ml
Fluxo até 80ml/min, (conforme suportabilidade da cliente)
Agulha a 45º e 90º graus
Cada ciclo: 10 sessões em 02 etapas
Ciclo 01 dividido em 02 etapas
01ª Etapa: 04 sessões com intervalos de 24 horas
02ª Etapa: 06 sessões com intervalos de 72 horas
Ciclo 02:  após 30 dias repetir ciclo 01
Ciclo 03: após 06 meses repetir ciclo 01

Tratamento de Rejuvenescimento Facial
01 ou mais ciclos
05 a 10 sessões
Intervalos 72 horas
Flacidez moderada à severa: 80 a 150 ml/min
Flacidez leve: 40 a 60 ml/min
Agulha a 25º 

Tratamento de olheiras 
2 ou mais ciclos
10 sessões
Intervalos 72 horas
Repetidos com intervalos de 120 dias
Agulha a 25º
A sugestão de parâmetros não substitui a avaliação do profissional.

 

Informações Adicionais

A carboxiterapia constitui-se de uma técnica onde utiliza o gás carbônico medicinal (Dióxido de Carbono ou CO2), administrado de forma percutânea (invasivo, com agulha) ao tecido subcutâneo, tendo como objetivo uma vasodilatação periférica e melhora da oxigenação tecidual;

O uso terapêutico do CO 2 teve início na década de 1930, na Estação Termal de Royat, na França. Seu uso era feito de forma transcutânea (não invasiva, tópica) através de banhos secos ou submersão em água carbonada para o tratamento de feridas e arteriopatias. Após o desenvolvimento de novas técnicas, a aplicação deixou de ser tópica, passando o CO2 a ser injetado diretamente no tecido subcutâneo, o que garante resultados mais rápidos e melhores. Originou-se assim, o termo carboxiterapia, ou seja, utilização do dióxido de carbono, o CO2, um metabólito normalmente produzido em nosso organismo para fins terapêuticos;

A carboxiterapia transcutânea é uma técnica de aplicação de CO2 de forma tópica e não invasiva, sendo utilizadas ventosas de vidro que combinam o uso da pressão negativa (gerada na ventosa por meio de uma seringa) com a administração do gás no interior da ventosa, disponibilizando-o à superfície da pele;

As aplicações transcutâneas possibilitam a absorção do CO2 através da pele, isso acontece por conta das capacidades hidrofílicas e de alta lipossolubilidade do gás, que quando em contato com a pele é facilmente absorvido, promovendo seus efeitos fisiológicos principalmente sobre a microcirculação periférica. Além disso, por meio da pressão negativa gerada dentro das ventosas, também é possível considerar os efeitos fisiológicos da vacuoterapia sobre a microcirculação periférica;

Atualmente a carboxiterapia caracteriza-se num método de fácil execução e vem sendo empregada na área estética (gordura localizada, celulite, flacidez e estrias) além se ser utilizada como coadjuvante no tratamento de cicatrizes inestésicas, em casos de pós-lipoaspiração, alopecias, olheiras, sequela de queimados etc.

 

Conservação

Para limpar o equipamento e seus acessórios, utilize um pano seco;
Não armazene o equipamento em locais úmidos ou sujeitos a condensação;
Não armazene o equipamento em ambiente com temperatura superior a 60ºC ou inferior a -20ºC;
Não exponha o equipamento direto aos raios de sol, chuva ou umidade excessiva;
Se houver necessidade de transportar o equipamento, utilize o mesmo processo de embalagem utilizado pela HTM Eletrônica. Procedendo desta forma, você estará garantindo a integridade do equipamento.

 

Contraindicações

Gestantes;
Insuficiência cardíaca ou insuficiência respiratória;
Insuficiência renal e hepática;
Diabéticos;
Problemas psicológicos;
Epiléticos;
Hipertensos descompensados;
Lúpus eritematoso sistêmico;
Pacientes imunodepressivos;
Anemia grave;
Tromboflebite aguda;
Distúrbios da coagulação;
Doenças do colágeno;
Circulação local aumentada anormalmente;
Rosácea facial;
Doenças infecciosas (bacterianas, virais, fúngicas);
Uso de medicamentos diuréticos, betabloqueadores, anticoagulantes e hipotensores neoplasia local.

 

Especificações Técnicas

Novo Pluria HTM - Aparelho de Carboxiterapia Percutânea e Transcutânea;
Tecnologia microcontrolada;
01 canal de saída independente;
Possui controle de intensidade;
Opção de aquecimento do gás;
Opção de acionamento por pedal;
Modo: contínuo;
Fluxo de saída: 05 à 400 mL/min;
Volume: 05 à 400 mL ou opção free;
30 protocolos pré-programados e possibilidade de gravar novos protocolos personalizados;
Potência de Entrada: 26VA - 50/60 Hz (100-230V).

 

Itens Inclusos

01 Novo Pluria HTM - Aparelho de Carboxiterapia Percutânea e Transcutânea;
01 Carrinho com rodízios;
01 Mangueira para conexão;
01 Pedal;
01 Regulador de pressão;
10 Equipos;
01 Cabo de força;
01 Kit Take One;
01 Chave Fixa;
01 Banner;
10 Agulhas;
01 Toalha.

Acessórios Opcionais (adquiridos separadamente):
Ventosa Carbo Cupping Pequena (ME0889A);
Ventosa Carbo Cupping Média (ME08947A;
Ventosa Carco Cupping Grande (ME07991A).

carbox, aparelho de carboxiterapia, carboxiterapia aparelho, aparelho carboxiterapia, pluria htm, ares ibramed, carboxiterapia htm, aparelho de carboxiterapia com cilindro, carboxiterapia ares
carboxiterapia ibramed, aparelho de carboxiterapia portatil, aparelho de carbox, aparelho carboxiterapia, aparelho para carboxiterapia, carbox aparelho, maquina de carbox, aparelho de carboxiterapia htm, carboxiterapia equipamento, carboxiterapia pluria htm, aparelho carbox, sycor kld, equipamento de carboxiterapia, carboxiterapia ares ibramed, aparelho de carboxiterapia valor, pluria htm preço, equipamento carboxiterapia, carboxiterapia

 


O Tecare HTM - Aparelho de Tecarterapia e Radiofrequencia é um aparelho de Tecarterapia (TECAR), que é a Transferência de Energia Capacitiva e Resistiva de alta frequência, radiofrequência controlada, esta versão para estética ou reabilitação é um novo sistema de Tecarterapia e Radiofrequência que possui tecnologia multifrequencial: 0,6MHz, 1,2MHz e 2,4MHz. O Tecare HTM conta com possibilidade de variação automática da frequência e diferentes formas de emissão, o inovador Sistema Pro Performance, exclusividade HTM. O Tecare possui exclusivos aplicadores capacitivos e resistivos, além da revolucionária técnica "hands free". Com design moderno e programação inteligente, atende a tratamentos na área da estética e da reabilitação. É uma terapia que promove resultados rápidos e de forma indolor, sem a desagradável sensação de choque. Versátil, permite aplicação em todos os tipos de pele e em qualquer estação do ano. Tecare, desafie seus sentidos!

Diferenciais e Benefícios

Aplicadores: resistivos e capacitivos;

Tecnologia Multifrequencial: possibilidade de variação automática da frequência e diferentes formas de emissão, o inovador Sistema Pro Performance;

Versátil: programação inteligente, atende a tratamentos na área da estética, estética íntima e da reabilitação;

Frequência: tecnologia multifrequencial, 0,6MHz, 1,2MHz e 2,4MHz/;

Hands Free: sistema exclusivo de pulseiras para tratamentos com as mãos do terapeuta livres.

Multi Layer Treatment: variação automática da frequência, atingindo diferentes profundidades teciduais;

Prático: sugestão de protocolo por área de tratamento.

Indicações

Indicações para Estética:
Rejuvenescimento facial (rugas);
Celulite;
Gordura localizada; 
Flacidez de pele;
Remodelagem corporal.

Indicações para Reabilitação:
Redução de espasmos musculares;
Relaxamento muscular;
Aumento do fluxo sanguíneo local; 
Diminuição da fadiga muscular;
Recuperação muscular pós-treino.

Efeitos fisiológicos

Tecarterapia:
Aplicação Atérmica (bioestimulação): promove a bioestimulação celular, analgesia por estimulação nervosa e drenagem linfática local; 
Aplicação Térmica (vascularização): promove o aumento da microcirculação, do oxigênio intracelular, aumento do metabolismo celular e causa um leve aquecimento dos tecidos (37º a 38ºC). Ideal para tratar fibroses teciduais e pós-operatório tardio; 
Aplicação Hipertérmico (hiperativação): promove o aumento do metabolismo celular, o fluxo sanguíneo, a oxigenação intracelular e o aquecimento dos tecidos (39º a 42ºC). Ideal para termocontração de colágeno, termolesão tecidual e lipólise termoinduzida;

Radiofrequência:
Efeito energético: alimentando o tecido com energia eletromagnética, facilita reações químicas permitindo uma maior movimentação entre os íons através da membrana lipoproteica e facilitando a transformação de ADP e ATP.
Efeito térmico: com a movimentação dos íons e seus atritos, provocado pela variação da frequência do campo eletromagnético, é gerada uma hipertermia local, que determina um aumento na circulação sanguínea e linfática, melhora dos aportes nutricionais e oxigenativos estimulando-se a atividade da respiração endocelular e a expulsão dos catabólitos tóxicos, entre eles os radicais livres.
Neocolagênese: por termocontração do colágeno: indução do aquecimento nos tecidos biológicos, através do efeito rotacional das moléculas de água provocado pelo campo eletromagnético  que provoca processo inflamatório, reparo e regeneração em resposta à lesão térmica imediata.

Associações terapêuticas

Pluria: Com a entrada do gás no tecido provoca um processo inflamatório local, desencadeando reações bioquímicas e resultando na ruptura da membrana das células de gordura, além disso estimula a produção de colágeno e elastina, associado ao Tecare promove o aumento do metabolismo celular, o fluxo sanguíneo, a oxigenação intracelular e o aquecimento dos tecidos. Ideal para termocontração de colágeno, termolesão tecidual e lipólise termoinduzida;

Ultrafocus: as oscilações do HIFU formam micro bolhas ar/gás no interior dos tecidos e pela intensidade energética gerada no ponto focal, a membrana plasmática do adipócito se rompe devido ao violento colapso e consequente implosão das micro bolhas, associado ao Tecare é ideal para termolesão tecidual e lipólise termoinduzida.

Protocolos

Técnica de Aplicação Corporal e Facial

Antes de iniciar o tratamento o profissional deve seguir as seguintes orientações:
O paciente deve estar posicionado confortavelmente segundo a orientação profissional (posição sentada ou deitada);
O operador pode se posicionar em pé ou sentado ao lado do paciente para realizar a terapia;
Remova quaisquer objetos metálicos (brincos, pulseiras, anéis e piercings) da área de tratamento;
Respeitar a distância mínima de aproximadamente 70 cm entre o paciente e o equipamento e de aproximadamente 40 cm entre o operador e o
equipamento ao longo do tratamento;
Examinar e limpar a área de tratamento, com água e sabão neutro, clorexidina alcoólica a 0,5% ou álcool 70% de uso medicinal;
Após a limpeza da pele, aguardar a ação do produto até que o mesmo evapore, de forma a evitar riscos ao paciente;
Higienizar o aplicador e as ponteiras após cada aplicação utilizando algodão levemente umedecido com clorexidina alcoólica a 0,5% ou álcool a 70%;
Ligue o equipamento;
Conecte o aplicador e selecione as ponteiras de acordo com a área de tratamento;
Selecione a região a ser tratada e se necessário, divida a mesma em quadrantes;
Com o termômetro, mensure a temperatura da pele do paciente, a fim de verificar se o mesmo não se encontra em estado febril, caso isto ocorra, suspenda a aplicação e procure orientação médica;
Com o paciente posicionado confortavelmente na maca e com a região previamente higienizada selecione os parâmetros adequados para o tratamento: Frequência (0,6 MHz, 1,2 MHz ou 2,4 MHz), tempo e intensidade de acordo com a área tratada e objetivo da terapia;
Aplique uma camada gel glicerinado na região de tratamento;
Pressione a função Iniciar na tela do equipamento ou pressionando o botão do aplicador e inicie a sequência de movimentos rápidos, circulares ou lineares sem interrupção. O aplicador nunca deve ficar estacionado no local,havendo risco de queimadura;
A temperatura deve ser constantemente mensurada através do termômetro para que haja conforto e segurança para o paciente;
Após atingir a temperatura adequada para o tratamento proposto, acione a função Iniciar Tempo pressionando o botão do aplicador por três segundos ou tocando diretamente na tela;
Realize a manutenção da temperatura ideal até o tempo estimado de terapia, no final deste tempo, o equipamento interrompe a emissão da radiofrequência automaticamente.

Informações Adicionais

Método Capacitivo:
O Método Capacitivo age no sistema vascular e é mais superficial. Ele promove a desnaturação de colágeno e a restruturação dele, gera calor de dentro para fora.

Método Resistivo:
O Método Resistivo faz uso de um eletrodo metálico, promove aquecimento em função da resistência da pele à corrente. É ideal para áreas resistentes e fibróticas, já que possui ação profunda. Deve ser utilizado após o método capacitivo, gera calor de fora para dentro.

Pulseira Hands Free: as pulseiras são colocadas nos pulsos do terapeuta que transfere a corrente para o paciente através das suas mãos, que estarão livres para massagens, drenagens, manipulações, entre outros procedimentos.

Conservação

Evite locais sujeitos às vibrações;
Não apoie sobre tapetes, almofadas ou outras superfícies macias que obstruem a ventilação;
Evite locais úmidos, quentes e empoeirados;
Posicione o cabo de rede de modo que fique livre, fora de locais onde possa ser pisoteado, e não coloque qualquer móvel sobre ele;
Não introduza objetos nos orifícios do equipamento e não apoie recipientes com líquido;
O equipamento não necessita ser utilizado em locais blindados;
Posicione o equipamento de maneira que seja fácil de operar o dispositivo de desligamento.
Ponteiras íntimas não são autoclaváveis, são de uso individual e devem ser higienizadas com desinfetante Germi Rio e armazenadas em suas respectivas embalagens;
Usar preservativo no aplicador (cortar a ponta onde encaixa a ponteira.

Contraindicações

Portadores de marcapasso ou outros dispositivos elétricos implantados;
Aparelhos auditivos (pacientes que fazem uso de aparelho auditivo devem retirá-los para serem submetidos ao tratamento);
Sobre os nervos dos seios carotídeos, particularmente em pacientes com sensibilidade alterada ao reflexo do seio tireoide;
Insuficiência venosa dos membros inferiores;
Sobre área neoplásticas;
No pescoço sobre região de tireoide;
Epilepsia;
Gestantes;
Distúrbios cardíacos e diabetes.

Especificações Técnicas

Tecare HTM - Aparelho de Tecarterapia e Radiofrequência;
Aplicadores resistivos e capacitivos;
Frequência: 0,6MHz, 1,2MHz e 2,4MHz.
Aplicação monopolar, bipolar e multipolar;
Potência real de 100W;
Exclusivos aplicadores de Tecarterapia;
Aplicador íntimo com acionamento remoto;
Aplicador único corporal e facial para radiofrequência;
Ponteiras capacitivas e resistivas para radiofrequência;
Ponteiras capacitivas e resistivas para tecarterapia de 30, 50 e 70 mm;
Ponteiras íntimas capacitivas;
Pulseiras para técnica “hands free”;
Recurso “info”;
Inovador sistema Pro Performance;
Multi Layer Treatment: variação automática da frequência;
Display Touch Screen com programação inteligente;
Acompanha termômetro infravermelho e kit marketing.


O Novo Vibria Maxx é um equipamento de Ultrassom Corporal de Alta Frequência sendo 1MHz e 3 MHz, Ultrassom Facial de Alta Frequência 5MHz, Cavitação de Baixa Frequência 40kHz e Correntes Terapêuticas. O aplicador do aparelho possui três cristais emissores aliados a nova tecnologia denominada "Floating Head", que possibilita movimentos individuais nos transdutores resultando em um perfeito acoplamento com a superfície aplicada. A ERA do aplicador é de 21 cm², abrangendo uma grande área, com formato anatômico e maior potência. O Novo Vibria Maxx conta com um grande diferencial que é o aplicador facial de 5MHz o que possibilita a versatilidade nos atendimentos. Um outro grande diferencial do Vibria, é o exclusivo sistema DUO, permitindo a realização de terapias individuais, combinadas e simultâneas. A dupla função une versatilidade e eficiência, capacidade de fazer mais em menos tempo mas com total autonomia! São diversas opções de tratamento para gordura localiza, celulite, acne, estrias, rejuvenescimento, permeação de ativos, edemas, flacidez muscular, pós operatório, fibroses, reabilitação e fortalecimento muscular. O Vibria possui mais de 100 protocolos pré-programados e possibilidade de programar particulares. Possui display Touch Screen de 8” para configuração dos parâmetros de aplicação de modo fácil, rápido e interativo. Apresenta ainda sistema de rodízios, com opções de travas nas rodas traseiras, facilitando o deslocamento e tornando mais prático e seguro o uso do aparelho no dia a dia. Sem contar que, possui plug padrão médico de fácil encaixe e alta durabilidade. O Novo Vibria Maxx apresenta um design totalmente sofisticado e moderno, linha completa de acessórios e Sistema Pro Performance, disponibilizando soluções inteligentes para otimizar tempo e proporcionar alto desempenho com qualidade e segurança!

 

Diferenciais e Benefícios

Confiável: alto efeito terapêutico sem interferir na rotina do paciente;

Correntes Terapêuticas: HighForce, Russa, MediumForce, SoftForce, Drenagem, Lipólise, Iontoporação e MENS;

Prático: acionamento remoto do ultrassom ou ultrassom + correntes através de teclas no aplicador facilitando a aplicação;

Seguro: sistema de rodízios com opções de travas nas rodas traseiras, facilitando a locomoção e estabilização do equipamento;

Sistema Pro Performance: soluções inteligentes para otimizar tempo e proporcionar alto desempenho com qualidade e segurança;

Multifuncional: possui Ultrassom de Alta Potência, Ultrassom Facial de Alta Frequência 5MHz, Cavitação 40kHz e Correntes Terapêuticas;

Versátil: além das terapias disponíveis, o equipamento permite a realização de eletrolipólise com agulhas ou eletrodo com 08 canais de saída;

Exclusivo: primeiro aplicador de Ultrassom Facial com 5MHz do Brasil, e plug padrão médico para correntes de fácil encaixe e alta durabilidade;

Aplicador Floating Head: tecnologia que possibilita movimentos individuais nos transdutores resultando em um perfeito acoplamento com a superfície aplicada, configuração automática dos parâmetros ultrassônicos de acordo com a camada adiposa;

Design: alia beleza e praticidade na operação, além de possuir um display Touch Screen com controle total das funções em um menu interativo com animações para uma melhor visualização;

Ergonômico: permite um maior tempo de aplicação com menor esforço físico do operador e possui também duas opções de utilização “pega” resultando em um manuseio com maior conforto para o operador;

Modo DUO: novo meio de combinar terapias, proporcionando total autonomia ao profissional, com foco na usabilidade, a visualização dos parâmetros acontece em apenas uma tela. As combinações oferecem duas modalidades terapêuticas ocorrendo de maneira simultânea em diferentes áreas.

 

Indicações

Gordura localizada;
Celulite;
Flacidez muscular;
Fibrose;
Aderências;
Pré e pós operatório;
Edemas;
Cicatrizes;
Relaxamento muscular;
Analgesia;
Estrias;
Hematomas;
Permeação de ativos;
Hidrolipoclasia Ultrassônica;
Contraturas musculares;
Fortalecimento Muscular;
Ionização;
Reabilitação;
Rejuvenescimento;
Reparo tecidual;
Retenção hídrica;

 

Efeitos fisiológicos

Efeitos Fisiológicos do Ultrassom:
Efeito Térmico: vasodilatação, oxigenação, aumento da viscoelasticidade, lesão térmica na membrana celular;
Efeito Mecânico: cavitação, tixotropismo, mecanotransdução, angiogênese, fonoforese, indução de lipólise;
Efeito Químico: liberação de radicais livres e destruição dos adipócitos de maneira seletiva, modificação dos feixes de colágeno, estímulo a apoptose adipocitária.

 

Efeitos Fisiológicos das Correntes Stimulus:
Aumento da vascularização;
Melhora do tecido conjuntivo devido à eliminação dos detritos toxêmicos;
Melhora do aporte de enzimas e nutrientes na corrente sanguínea;
Melhora da circulação linfática, eliminando as toxinas;
Aumento de flexibilidade Tissular;
Tonificação e fortalecimento muscular.

 

Efeitos Fisiológicos das Corrente Polarizada:
Hiperemia e produção de calor;
Oxigenação;
Aumento da circulação periférica;
Nutrição tecidual;
Aumento do metabolismo (vasodilatação reflexa);
Maior concentração de nutrientes, favorecendo a reparação tecidual;
Iontoforese por eletrorrepulsão.

 

Efeitos fisiológicos da Microcorrente:
Aumento das funções de permeabilidade da membrana;
Aumento da produção de ATP;
Reorganização de fibras colágenas;
Aumento da síntese de proteínas;
Melhoria da captação de oxigênio local;
Aumento das trocas iônicas;
Aumento da circulação sanguínea e linfática local;
Redução do processo infeccioso;
Aumento da velocidade de síntese dos tecidos de reparo na cicatrização;
Melhoria da qualidade do tecido cicatricial produzido em queimaduras e demais lesões cutâneas.

 

Associações terapêuticas

Pluria HTM: a entrada do gás no tecido provoca um processo inflamatório local, desencadeando reações bioquímicas, resultando na ruptura da membrana das células de gordura, além disso estimula a produção de colágeno e elastina. Quando associado a tecnologia do Vibria, proporciona a vasodilatação, oxigenação, aumento da viscoelasticidade ocasionando uma lesão térmica na membrana celular potencializando os resultados.

Ultrafocus HTM: a alta intensidade energética no ponto focal eleva a temperatura acima de 56ºC, resultando em necrose, coagulação e morte celular quase imediata dentro da zona alvo, na ordem de milímetros, mas sem danos para os tecidos circunvizinhos (pele, vasos linfáticos e sanguíneos, músculos e nervos). Associado ao Vibria, ocorre a liberação de radicais livres e destruição dos adipócitos de maneira seletiva, modificação dos feixes de colágeno e estímulo a apoptose adipocitária.

Informações Adicionais

Terapias combinadas:
Ultrassom + Stimulus 3D: combinação da alta potência do ultrassom com a força das correntes excitomotoras em várias frequências;

Ultrassom + Iontoporação 3D: combinação da alta potência do ultrassom com a corrente galvânica, a fim de potencializar a permeação de princípios ativos;

Ultrassom + Lipolisys 3D: combinação da alta potência do ultrassom com a corrente de eletrolipólise, promovendo uma ultralipólise com resultados efetivos;

Ultrassom + MENS 3D: combinação da alta potência do ultrassom com a MENS, potencializando a ação nos tratamentos;

Pump: A drenagem eletrônica é realizada através de eletroestimulação muscular, produzindo vigorosas contrações musculares sequenciais, como um bombeamento. A técnica de aplicação consiste em posicionar os eletrodos de silicone com gel de contato nos grupos musculares a seres tratados e fixar com faixa elástica. O sentido da eletroestimulação deve ser de distal para proximal, acompanhando o fluxo da circulação venosa para exercer a função de bomba;

Tratamentos individuais:
Stimulus: a média frequência em todas opções existentes;
Iontoporação: a revitalização da permeação cutânea;
MENS: o surpreendente poder das microcorrentes;
Pump: a drenagem eletrônica em várias velocidades;
Lipolysis: a verdadeira e exclusiva eletrolipólise.

 

Conservação

Limpeza do gabinete:
Quando necessário, limpe o gabinete de seu equipamento com pano de limpeza macio;
Não use álcool, thinner, benzina ou outros solventes fortes, pois poderão causar danos ao acabamento do equipamento;
Limpeza do aplicador e eletrodos:
Após a utilização o aplicador deve ser limpo com pano úmido;
Se for necessário lavar a parte onde ficam os transdutores devido ao acúmulo de sujeira, faça-o após envolver uma toalha na parte superior do aplicador;
Em hipótese alguma a parte superior do aplicador deve ser molhada;
Após a utilização dos eletrodos de silicone, lave-os com água corrente e sabão neutro.

 

Contraindicações

Aplicações direcionadas ao coração;
Tumores;
Útero gravídico;
Globo ocular;
Implantes metálicos;
Marca-passo;
Tromboflebites e varizes;
Órgãos reprodutores e tecido cerebral;
Epilepsia;
Cardiopatas;
Diabetes descompensado;
Infecção ativa;
Alteração da sensibilidade;
Insuficiência renal;
Crianças;
Processos infecciosos.

 

Especificações Técnicas

Novo Vibria Maxx HTM - Aparelho de Ultrassom de Alta Potência + Correntes;
Tela: touch screen com 8'';
Potência de Entrada: 400VA;
Terapia: Ultrassom + Eletroterapia;
Correntes Bifásicas: HighForce (1000 Hz), Russa (2500 Hz), MediumForce (4000 Hz) e SoftForce (8000 Hz) - 8 canais disponíveis;
Modo Drenagem - Velocidade rápida, Média e Lenta - 8 canais disponíveis;
Modo Lipólise Transcutânea e Percutânea - 8 canais disponíveis;
Correntes Polarizadas: Iontoporação e MENS - 4 canais disponíveis;
Protocolos: + de 100 pré-programados e possibilidade de gravar novos;
Alimentação: Full range, padrão internacional;
Aplicador FloatingHead: ultrassom de 1 e 3 MHz com 63 W de potência de saída e ERA de 21 cm²;
Aplicador de Cavitação: ultrassom de baixa frequência com 40 KHz e ERA de 10 cm² com 30 W de potência;

Stimulus 3D / Drenagem: 
Modo: contínuo/sincronizado/recíproco:
Tipo de corrente: alternada (bifásica) simétrica, balanceada;
Intensidade Máxima: 120 mA;
Frequência de recorte: 1 a 200 Hz;
Duty Cycle : 2ms, 4ms, 10% ,33%, 50%;
Tempo de RISE: 1 a 10 s;
Tempo de ON: 1 a 60 s;
Tempo de DECAY: 1 a 10 s;
Tempo de OFF: 1 a 60 s;

Lipólise:
Modo: Percutânea e Transcutânea;
Tipo de corrente: alternada (bifásica) assimétrica, balanceada;
Intensidade máxima (percutâneo): 30 mA;
Intensidade máxima (transcutâneo): 120 mA;
Frequência de saída: 1 a 200 Hz;
Largura de pulso: 50 µs a 1000 µs;

Ionthoporação:
Modo: Normal/Invertida
Tipo de corrente: polarizada;
Intensidade máxima: 30 mA;
Frequência de saída: 8000 Hz;
Frequência de recorte: 50 a 200 Hz;
Intervalo: 1 a 5 min;

MENS:
Modo: Normal/Invertida/Automática:
Tipo de corrente: Polarizada;
Intensidade máxima (modo individual): 1000 µA;
Intensidade máxima (modo ultrassom + mens 3D): 3000 µA;
Frequência de saída: 0,1 a 1000Hz.

 

Especificações Técnicas

Novo Vibria Maxx HTM - Aparelho de Ultrassom de Alta Potência + Correntes;
Tela: touch screen com 8'';
Potência de Entrada: 400VA;
Terapia: Ultrassom + Eletroterapia;
Correntes Bifásicas: HighForce (1000 Hz), Russa (2500 Hz), MediumForce (4000 Hz) e SoftForce (8000 Hz) - 8 canais disponíveis;
Modo Drenagem - Velocidade rápida, Média e Lenta - 8 canais disponíveis;
Modo Lipólise Transcutânea e Percutânea - 8 canais disponíveis;
Correntes Polarizadas: Iontoporação e MENS - 4 canais disponíveis;
Protocolos: + de 100 pré-programados e possibilidade de gravar novos;
Alimentação: Full range, padrão internacional;
Aplicador FloatingHead: ultrassom de 1 e 3 MHz com 63 W de potência de saída e ERA de 21 cm²;
Aplicador de Cavitação: ultrassom de baixa frequência com 40 KHz e ERA de 10 cm² com 30 W de potência;

Stimulus 3D / Drenagem: 
Modo: contínuo/sincronizado/recíproco:
Tipo de corrente: alternada (bifásica) simétrica, balanceada;
Intensidade Máxima: 120 mA;
Frequência de recorte: 1 a 200 Hz;
Duty Cycle : 2ms, 4ms, 10% ,33%, 50%;
Tempo de RISE: 1 a 10 s;
Tempo de ON: 1 a 60 s;
Tempo de DECAY: 1 a 10 s;
Tempo de OFF: 1 a 60 s;

Lipólise:
Modo: Percutânea e Transcutânea;
Tipo de corrente: alternada (bifásica) assimétrica, balanceada;
Intensidade máxima (percutâneo): 30 mA;
Intensidade máxima (transcutâneo): 120 mA;
Frequência de saída: 1 a 200 Hz;
Largura de pulso: 50 µs a 1000 µs;

Ionthoporação:
Modo: Normal/Invertida
Tipo de corrente: polarizada;
Intensidade máxima: 30 mA;
Frequência de saída: 8000 Hz;
Frequência de recorte: 50 a 200 Hz;
Intervalo: 1 a 5 min;

MENS:
Modo: Normal/Invertida/Automática:
Tipo de corrente: Polarizada;
Intensidade máxima (modo individual): 1000 µA;
Intensidade máxima (modo ultrassom + mens 3D): 3000 µA;
Frequência de saída: 0,1 a 1000Hz.

Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...
Ao usar esta loja virtual, vocé aceita automaticamente o uso de Cookies. Acesse nossa Política de Privacidade.